Polícia Civil faz operação em favelas da Zona Norte contra tráfico e roubos

Agentes ocupam Cidade Alta, Parada de Lucas e Vigário Geral, além de localidades da Baixada Fluminense. Pelo menos 20 pessoas foram presas

Por O Dia

Rio - Cerca de 220 agentes da Polícia Civil realizam, nesta quarta-feira, a Operação Pacificare para cumprirem 40 mandados de prisão contra suspeitos de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e roubos de veículos, cargas e de rua. Os policiais atuam nas comunidades da Cidade Alta, Parada de Lucas e Vigário Geral, na Zona Norte do Rio, e também na Baixada Fluminense, em Imbariê (Duque de Caxias) e Queimados.

O balanço da operação até às 12 horas apontava para 20 prisões, além de apreensões de drogas, três tabletes de maconha, celulares e uma imitação de um fuzil. Dentre os presos, o presidente da Associação de Moradores da Cidade Alta e um militar do Escola Superior de Guerra do Exército (ESG/EB). 

Além dos 40 mandados de prisão, também foram expedidos pela Justiça 22 mandados de busca e apreensão. As investigações são da 38ª DP (Irajá) e atuam na ação várias delegaciais, como a de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) de Combate às Drogas (DCOD), da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core0 e da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC).

Cidade Alta é uma das localidades onde a Polícia Civil realiza a operaçãoReprodução Facebook

Por causa da operação, a Secretaria Municipal de Educação informou que 858 alunos de uma escola e três creches em Vigário Geral estão sem aulas nesta manhã.

Últimas de Rio De Janeiro