Mais Lidas

'Metade de mim morreu', desabafa mãe de farmacêutica grávida assassinada

Corpo de Nathalie de Salles, 32 anos, grávida de três meses foi achado carbonizado e com dentes arrancados. Ex-namorado foi preso pelo crime

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Lucia Rios Motta, mãe da farmacêutica Nathalie Rios Motta Salles, 32 anos, encontrada carbonizada e com os dentes arrancados em Vassouras, interior do estado, desabafou após a perda trágica da filha, que estava grávida de três meses. 'Metade de mim morreu", escreveu em uma rede social. O ex-namorado, o dentista Thiago Medeiros, 33 anos, é acusado do crime e foi preso neste domingo.

Nathalie estava grávida de três mesesReprodução

Além da mãe, diversos amigos e parentes lamentaram a morte brutal de Nathalie. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) desde o dia 22, quando a empresária desapareceu.

A juíza Yedda Christina Ching-San Assunção decretou a prisão temporária de 30 dias de Medeiros, após a polícia ter mostrado indícios de que Nathalie estaria morta, somado ao fato de o dentista ter sido a última pessoa a ter mantido contato com ela.

“Ele estava noivo de uma médica, mas voltou a se envolver com a ex-namorada, a Nathalie. A investigação apontou que ele não queria o filho e pediu que ela fizesse um aborto. Como ela se recusou, ele a matou”, disse um investigador da DDPA. 

O mandado de prisão foi expedido após a polícia encontrar um corpo carbonizado dentro de uma pilha de pneus, em Vassouras, cidade de origem de Medeiros. Um brinco e parte do tecido de uma blusa foram reconhecidos por familiares como sendo pertencentes a Nathalie.

Em depoimento, Thiago confirmou que esteve com a empresária no dia do desaparecimento, mas negou a autoria do crime. Ele disse que deu uma carona para ela até o Aterro do Flamengo, deixando-a próximo do apartamento dela, na rua Marquês de Abrantes. Depois, seguiu para Vassouras, onde tem consultório. No entanto, câmeras mostram somente o momento em que ela entra no carro.

O laudo com a confirmação da identidade do corpo deverá ficar pronto em 15 dias, mas há dificuldades: além dele ter sido carbonizado, todos os dentes foram arrancados.

O dentista e a vítima se conheceram em 2008 e mantinham um relacionamento amoroso, mesmo após ele ter assumido o noivado com uma médica da Aeronáutica, em 2016. Procurada por telefone, a mãe de Nathalie não quis dar entrevista.

Em foto cedida pela família à Polícia para a confecção do cartaz de desaparecido, Nathalie aparece com a barriga proeminente da gestação de três meses. Ela morava com familiares que apoiavam a sua decisão em ter a criança sozinha. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia