Informe: Lula prepara campanha para eleições de 2018

O ex-presidente quer saber quem são os candidatos do partido que disputarão governos estaduais e Senado

Por O Dia

Rio - Lula já marcou a primeira reunião para tratar da sua campanha de 2018. Será segunda-feira, às 10h, na sede do PT de São Paulo. O ex-presidente quer saber quem são os candidatos do partido que disputarão governos estaduais e Senado.

Além disso, qual a nominata do PT paulista para a Câmara dos Deputados e para a Assembleia Legislativa. No encontro, Eduardo Suplicy se colocará à disposição para concorrer ao Senado ou ao governo de São Paulo.

As próximas reuniões do núcleo de Lula para traçar estratégias para a eleição presidencial estão previstas para ocorrer no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.

Eles só pensam nisso

Também com a cabeça em 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), distancia-se do presidente Michel Temer. Há uma semana, pedia cautela aos tucanos que queriam romper com o governo. Após a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reconhece que o quadro mudou: “A situação se agravou. Mas o PSDB tem quatro ministérios; não é o prefeito de São Paulo que tem que decidir isso”, disse ao Informe, ressaltando que Temer tem direito de apresentar sua defesa.

A dor de cada um

Em evento no Rio anteontem, Doria afirmou que “fogo amigo é mais doído que fogo inimigo”. Tem tucano interpretando que já é uma preparação para possíveis ataques de Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo também interessado em disputar a Presidência.

Saia justa

No coquetel oferecido pelo empresário Boni a Doria, no Gávea Golf Club, a subsecretária de Planejamento e Gestão da Prefeitura do Rio, Aspásia Camargo, lamentou a saída de Boni do Conselho de Cultura da cidade. Sem rodeios, ele respondeu: “Não falo sobre isso”. A atriz Maitê Proença, que estava sentada entre os dois, fez cara de paisagem.

Motivo

Quem conhece Boni diz que a saída do conselho ocorreu após saber que o prefeito Marcelo Crivella (PRB) cortaria verba das escolas de samba.

Maraca rubro-negro?

Criador do Rock in Rio, o empresário Roberto Medina negocia parceria com o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, para que o Rubro-Negro administre o Estádio do Maracanã. O acordo envolve a empresa Rock World, de Medina.

Incentivo à cultura

Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PV) concedeu, desde ontem, benefícios a servidores municipais, aposentados e pensionistas: entrada gratuita em museus e meia-entrada nos teatros municipais.

Últimas de Rio De Janeiro