Duas pessoas são baleadas em tiroteio na Favela do Lixão

Confronto aconteceu um dia após, grávida e bebê serem vítimas de 'bala perdida' na mesma comunidade

Por O Dia

Ônibus foram queimados em um dos acessos à comunidadeWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - Duas pessoas foram baleadas, na noite deste sábado, na Favela do Lixão, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O episódio aconteceu na mesma comunidade e um dia após, uma grávida e o bebê serem vítimas de 'bala perdida'.  

De acordo com informações do 15º BPM (Caxias), militares em patrulhamento foram surpreendidos por homens armados e houve confronto.

Ainda segundo os policiais, os criminosos colocaram fogo no container da Ocupação Lixão, na localidade conhecida como Cruzeiro. Na ocasião, o trânsito foi interrompido nos dois sentidos da via expressa.

A PM informou que o jovem e o adolescente, que também seriam vítimas de 'bala perdida'. David Costa Pereira, de 25 anos, e um menor de 12 anos, enquanto estavam trabalhando em um depósito de bebida quando foram baleados. Eles foram levados ao Hospital Moacyr Rodrigues do Carmo. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da dupla. 

Nas redes sociais, moradores da região descreviam o pânico de quem voltava para casa, e que estavam nas ruas. “Estava no Guanabara, quando ouvi tiros. Muitos carros voltavam na contramão”, disse Janaína Rodrigues.

Na rodoviária, os ônibus tiveram a circulação suspensa às 18:30. Os ônibus da linha Vera Cruz, tiveram que mudar o trajeto, deixando de passar pelos bairros de Vigário Geral e Cordovil. A página "O Caxiense", no Facebook, comunicou às 23:59 que as vias da Linha Vermelha já haviam sido reabertas.


Últimas de Rio De Janeiro