Mãe de bebê baleado no útero recebe alta e diz que quer 'tocar' o filho

Claudineia dos Santos foi atingida quando ia para casa, na Favela do Lixão, em Caxias. Filho continua internado em estado grave

Por O Dia

Claudineia dos Santos Melo recebeu alta nesta quinta-feiraReprodução Internet

Rio - Mãe do bebê Arthur, que foi baleado dentro da barriga no fim da gravidez, Claudineia dos Santos recebeu alta do Hospital Moacir do Carmo nesta quinta-feira. Ela saiu da unidade em uma cadeira de rodas com ajuda de parentes. Em entrevista à imprensa que estava na porta do local, Claudineia disse que o que mais sonha agora é em "tocar o filho".

A mulher foi atingida na pelve quando seguia para casa na Favela do Lixão, em Caxias. A vítima foi socorrida no hospital Moacyr do Carmo, onde deu entrada lúcida, e precisou passar por uma cesariana de emergência.

Os médicos constataram que o bebê também havia sido atingido. Um dos disparos entrou por seu ombro e atravessou o tórax. O outro, atingiu o lóbulo de uma das orelhas. Ele precisou ser entubado e levado à UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 

Claudineia estava grávida de nove meses quando foi atingida por uma bala perdida na Favela do Lixão. A criança nasceu após uma cesariana de emergência.

Últimas de Rio De Janeiro