Em crise, Theatro Municipal completa 108 anos com programação gratuita

Evento reúne apresentações de música e dança na próxima sexta-feira

Por O Dia

Rio - Nem mesmo a crise financeira vai abalar a festa dos 108 anos do Theatro Municipal. A comemoração do aniversário reúne atrações gratuitas para o público na próxima sexta-feira. A festa será aberta, às 9h30, com a banda do Corpo de Fuzileiros Navais, e incluirá apresentações de dança e música durante todo o dia.

Theatro Municipal sofre crise financeiraDaniel Castelo Branco / Agência O Dia / Arquivo

Um dos destaques é "Um espetáculo de operetas", com a Academia de Ópera Bidu de Sayão, às 10h15. Ao meio-dia, os alunos da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa subirá ao palco para apresentar três balés: "Alegria Russa", "Mozart" e "Les Sylphides".

Já às 15h30, será encenado "A morte do cisne", número de balé com piano e violoncelo, dançado por Deborah Ribeiro, no foyer do teatro. Ela é a primeira solista do Balé do Theatro Municipal. O espetáculo será apresentado depois, pela segunda vez, no Salão Assyrio, às 16h30.

Para encerrar a programação, a Orquestra Sinfônica, o Coro e o Ballet do Theatro Municipal apresentarão, às 20h, “Carmina Burana”. Com coreografia assinada por Rodrigo Negri, primeiro solista do Corpo de Baile do Theatro Municipal. A cantata composta pelo alemão Carl Orff foi apresentada em curta temporada em junho.

Programação

9h30 - Banda do Corpo de Fuzileiros Navais 

10h15 - Academia de Ópera Bidu Sayão

12h - Escola Estadual de Dança Maria Olenewa

15h30 - A morte do Cisne

16h - Os pequenos Mozart e Amadeus

16h30 - Márcio Gomes, 'Eternas Canções'

17h30 - A Morte do Cisne 

20h - Carmina Burana

Últimas de Rio De Janeiro