Bope faz operação na Mangueira após morte de policial militar

Bruno Santos Leonardo foi atingido com um tiro na cabeça, nesta segunda-feira, e não resistiu. Na ocasião, outro PM foi baleado na perna

Por O Dia

Rio - Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) realizam, na manhã desta terça-feira, uma operação no Morro da Mangueira, na Zona Norte do Rio. A ação ocorre um dia após o PM Bruno Santos Leonardo, de 29 anos, ser morto com um tiro na cabeça durante um confronto com traficantes na comunidade. Na ocasião, outro policial foi baleado na perna.

Policiais na porta do Quinta D'Or%2C onde PMs foram socorridos. Cabo Bruno dos Santos Leonardo não resistiu e morreuLeitor WhatsApp O DIA (98762-8248)

Até o momento, não há registros de tiroteios na favela nesta manhã. A PM ainda não divulgou um balanço da operação. Bruno e o outro militar foram atacados na base avançada do Telégrafo, nesta segunda-feira, e o Comando de Operações Especiais (COE) precisou ser acionado para ajudá-los. Chega a 88 o número de PMs mortos no estado somente este ano, enquanto outros 291 ficaram feridos.

Bruno chegou a ser socorrido com o colega para o Hospital Quinta D’or, em São Cristóvão, mas não resistiu. Ele estava na corporação há 6 anos, era casado e deixa uma filha. Ainda não há informações sobre o seu enterro. Além do COE, batalhões da região e outras UPPs reforçam o policiamento.

Últimas de Rio De Janeiro