Ex-marido e filha são presos por abandonar mulher com doença mental

Policiais constataram que mulher vivia sob condições precárias de alimentação, higiene e medicamentos

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Campos prenderam, na noite desta terça-feira, o guarda municipal Everaldo do Nascimento e Priscila Pinheiro do Nascimento Cruz, por abandono de incapaz. Os dois são suspeitos de abandonar uma mulher de 54 anos em Campos, no interior do Rio. A vítima é ex-mulher de Everaldo e mãe de Priscila.

Os agentes chegaram até a mulher após uma denúncia recebida pelo Disque 100. Quando chegaram à residência da vítima, eles constataram que ela vivia sozinha, em condições precárias de alimentação, higiene e medicamentos. Segundo os policiais, Everaldo se casou novamente e Priscila não vivia na casa há mais de um ano. 

Os dois faziam apenas visitas esporádicas à mulher. Eles foram autuados na Deam e podem pegar de seis a três anos de prisão.

Últimas de Rio De Janeiro