PM morto na Mangueira é enterrado

Policial morreu após ser atingido na cabeça durante ataque de bandidos

Por O Dia

Rio - O corpo do PM Bruno dos Santos Leonardo foi enterrado na manhã desta quarta-feira, no Cemitério Municipal de Queimados, na Baixada Fluminense. O policial, que tinha 29 anos, foi atingido com um tiro na cabeça durante um ataque de bandidos no Morro da Mangueira, na Zona Norte do Rio. Na ocasião, outro policial foi baleado na perna.

PM morto na Mangeuira é enterradoEstefan Radovicz / Agência O Dia

Ao ser ferido, Bruno chegou a ser socorrido com o colega para o Hospital Quinta D’or, em São Cristóvão, mas não resistiu. Ele estava na corporação há 6 anos, era casado e deixa uma filha.

Os PMs foram atacados na base avançada do Telégrafo e o Comando de Operações Especiais (COE), precisou ser acionado para ajudar os militares. Segundo o comando da UPP, o ataque ocorreu por volta das 8h, quando os policiais trocavam de turno.

No início da tarde dessa quarta-feira (19), um homem suspeito de participação no ataque a policiais da UPP Mangueira foi preso. O rapaz de 22 anos foi encontrado em uma casa na região conhecida como Buraco Quente após uma denúncia anônima sobre seu possível esconderijo. Ele foi encaminhado para a Divisão de Homicídios, que está investigando o caso.

De acordo com o comando da UPP, ele já foi reconhecido pela equipe que patrulhava a comunidade no dia.


Últimas de Rio De Janeiro