Complexo do Alemão tem maior número de disparos de arma de fogo do Rio

O conjunto de favelas também é o local com o maior número de feridos

Por O Dia

Rio - Moradores do Complexo do Alemão ouviram tiros nos arredores de suas casas ao menos 225 vezes entre 5 de julho de 2016 e o mesmo dia de 2017. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pelo aplicativo Fogo Cruzado, que recebe contribuições de usuários e cruza dados divulgados pela imprensa e a polícia para contabilizar ocorrências de violência armada. As situações  podem ser casos de tiroteios ou em que apenas uma pessoa efetuou disparos.

Os dados divulgados hoje mostram que o conjunto de favelas é também a área da cidade que registra o maior número de feridos. Os 225 disparos atingiram 87 pessoas e causaram 38 mortes contabilizadas no aplicativo.

O Fogo Cruzado registrou 3.829 ocorrências de violência armada na cidade do Rio de Janeiro em 12 meses. Os dados mostram que ocorreram, em média, 10 situações desse tipo por dia na cidade. Foram 976 feridos, mais do que dois por dia no primeiro ano de funcionamento do aplicativo. O número de mortos contabilizado chega a 706.

Complexo do Alemão teve registro de 255 disparos com arma de fogoCléber Mendes / Agência O DIa

Ranking

O segundo local em registro de tiroteios é a Penha, vizinha do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. O bairro teve 200 notificações de violência armada em um ano, que deixaram 42 feridos e 25 mortos. Na Cidade de Deus, na zona oeste, 169 ocorrências deixaram 36 feridos e 23 mortos em um ano.

Últimas de Rio De Janeiro