Justiça nega recurso de condenados pela morte do médico Jaime Gold

Jaime Gold foi assaltado e assassinado a facadas em maio de 2015

Por O Dia

O médico Jaime Gold foi esfaqueado e teve bicicleta roubada na LagoaDivulgação

Rio -  A terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) negou, em sessão nesta terça-feira, os recursos dos condenados pela morte do médico Jaime Gold, em 2015. Na época do crime, os três acusados de envolvimento eram menores de idade, e dois deles tiveram que cumprir medidas socioeducativas. O relator do recurso foi o desembargador Paulo Rangel do Nascimento.

Jaime Gold foi assaltado e assassinado a facadas na noite do dia 19 de maio de 2015, enquanto andava de bicicleta na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul do Rio. Na época, ele tinha 55 anos. 

O ataque a Jaime ocorreu próximo à Curva do Calombo. Ele foi socorrido por um colega de profissão que se exercitava perto do local. Segundo o depoimento de um frentista na 14ª DP (Leblon), onde o caso foi registrado, Jaime foi abordado por dois jovens em uma bicicleta, que aparentavam serem menores de idade.


 

Últimas de Rio De Janeiro