Chuva de cinzas e fuligem intriga moradores da Zona Norte e Baixada

Moradores chegaram a confundir a névoa com chuva, até perceberem o acúmulo de poeira em casa e nas ruas

Por O Dia

Rio - Uma "chuva de cinzas" cobriu a Ilha do Governador, Zona Norte, nesta quarta-feira. Moradores dos bairros Bancários, Cocotá, Freguesia, Jardim Guanabara, Portuguesa, Tauá e do Morro do Dendê relataram ter visto uma forte neblina de cinzas e fuligem. Fora da Ilha, moradores de outros bairros da Zona Norte e até mesmo de municípios da Baixada, como Magé e Duque de Caxias, também presenciaram o mesmo fenômeno. 

A causa das cinzas foi um incêndio em CaxiasReprodução Internet

Segundo a Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva), as cinzas foram originadas em um incêndio ocorrido em Duque de Caxias, próximo à Refinaria de Duque de Caxias (Reduc). O Corpo de Bombeiros não confirmou a ocorrência e informou não ter sido acionado para o caso das cinzas, mas reforçou a possibilidade de o fenômeno ter sido causado por alguém queimando lixo em terreno particular.

Nas redes sociais, moradores relataram ter chegado a confundir a névoa com chuva, até perceberem o acúmulo da poeira nas varandas e assoalhos de casa: "cheguei a fechar a janela, por medo", relatou uma internauta. 

Últimas de Rio De Janeiro