Informe: IPTU subiu no telhado?

Revolta ocorre às vésperas da impopular votação do aumento do IPTU, prevista para o dia 22 e considerada por Crivella como essencial para a saúde financeira do município

Por O Dia

Rio - Marcelo Crivella (PRB) recebeu ontem, na Câmara Municipal, as mais duras críticas já feitas a ele desde que assumiu a prefeitura. A artilharia partiu até mesmo de seu líder de governo, Paulo Messina (Pros), e do presidente da Casa, Jorge Felippe (PMDB); dois dos vereadores que mantêm linha direta com o prefeito.

A crítica geral diz respeito à forma como os secretários municipais têm tratado os vereadores. Os mais bombardeados foram Indio da Costa (PSD), Teresa Bergher (PSDB) e Cesar Benjamin, que comandam as pastas de Infraestrutura, Assistência Social e Educação.

A revolta ocorre às vésperas da impopular votação do aumento do IPTU, prevista para o dia 22 e considerada por Crivella como essencial para a saúde financeira do município. 

Chegou a hora de...

Conhecido pela fala mansa, Messina, em discurso no plenário, engrossou: “Com oito meses de governo e tantos ruídos, faço um desabafo. Depois de escolher muitos para compor a equipe, chegou a hora de o Crivella decidir, de fato, quem tem que continuar escolhido. Muitos estão com agenda política própria e pouco se lixam para a prefeitura”.

Midiático

Indio é criticado por não atender às reivindicações de vereadores por obras. E de anunciar exatamente as mesmas obras quando é cobrado pelo RJTV, da Globo.

Rebelde

Teresa Bergher é acusada de descumprir ordem de Crivella para ir à Câmara ouvir os pleitos da Casa.

Indecoroso

Jorge Felippe disse que “tomará atitude” após Benjamin ter usado o termo “idiota” para responder, no Facebook, a uma crítica de Rogério Rocal (PTB).

Na Lava Jato, mas...

O governo de Luiz Fernando Pezão (PMDB) celebrou o quarto termo aditivo com a Prol Staff Ltda para serviços no Detran. Investigada na Lava Jato, a empresa receberá R$ 16,617 milhões do Palácio Guanabara para atuar até março de 2018. A publicação no Diário Oficial de ontem revela que o contrato original vem sendo aditivado desde... 2015.

Garotinho x Indio

Após tomar as dores do pai e criticar publicamente Indio, Clarissa Garotinho (PRB), secretária de Trabalho e Renda, foi obrigada a sentar ao lado do colega em evento no auditório da prefeitura. No que ela, humpf, distanciou a cadeira. Crivella viu. E, ao fim da cerimônia, fez os dois apertarem as mãos.

Lançamento

Aurélio Wander Bastos autografa hoje, às 10h, ‘190 anos de criação dos cursos jurídicos do Brasil’, na sede do IAB, no Centro.

Últimas de Rio De Janeiro