UPP prende acusado de matar PM reformado na Lojas Americanas em Vila Isabel

Caso aconteceu em março deste ano, na loja da Boulevard 28 de Setembro. "L.R" tinha mandado de prisão em aberto pelo crime

Por O Dia

L.R é um dos responsáveis pela morte do subtenente reformado da PM Almir Tadeu Alves de Oliveira%2C 58 anos%2C durante uma tentativa de assalto a Lojas Americanas em Vila IsabelDivulgação

Rio - Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Lins prenderam, na noite nesta quinta-feira, Lucas Rodrigues Silva, conhecido como L.R, acusado de participar do assassinato do policial reformado Almir Tadeu Alves de Oliveira, 58 anos, durante uma tentativa de assalto às Lojas Americanas do Boulevard 28 de Setembro, em Vila Isabel, em março deste ano.

Os policiais, com base em uma denúncia, realizaram uma operação na Rua Professor Antenor Nascente, na Barreira do Lins, para prender o acusado, que tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime. Ele foi encaminhado para Divisão de Homicídios (DH-Capital), que investiga o caso.

Na época, os bandidos conseguiram fugir e levaram a arma da vítima. Testemunhas contaram que três invadiram a loja, sendo que um deles estava armado e o outro usava uniforme escolar. Auxiliar de rouparia, Gabriela Souza, de 21 anos, contou que estava no hortifruti ao lado das Lojas Americanas, quando ouviu os tiros.

"Depois de matar o policial, os bandidos saíram andando em direção ao Maracanã, como se nada tivesse acontecido. Há muitos assaltos nesse trecho do bairro. Na hora de ir embora do trabalho, precisamos sempre sair em grupo por segurança", afirmou Gabriela, profissional do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), que fica a menos de 300 metros do estabelecimento.

Últimas de Rio De Janeiro