Fernando Mansur: A sabedoria de cada um

Tem coisas que só nós podemos fazer. E por que não fazemos? Subestimamos o valor de nossos dons e os comparamos a outros

Por O Dia

Rio - ‘A sabedoria do mundo é a soma da sabedoria de todos.” Com que dose de sabedoria nós contribuímos? Que luz acendemos em nós para tornar mais claro, alegre e próspero o mundo em que vivemos?

Tem coisas que só nós podemos fazer. E por que não fazemos? Muitas vezes é porque subestimamos o valor de nossos dons e os comparamos a outros. A comparação é uma distorção. Nos leva a conflitos e à tentação de nos acharmos melhores ou piores, nunca únicos e originais. Gente, de nossas escolhas dependerá nosso futuro, principalmente, no período pós vida física.

A existência neste mundo é muito curta em relação à permanência nos planos internos ou espirituais. Vamos descobrir e cultivar nossos dons. A vida é para ser lida, ouvida e vivida em voz alta. Vamos nos rodear de pessoas e coisas bacanas.

Vamos realizar atividades que valham a pena: artes plásticas, literatura, música, estudo, espiritualidade, amizade, serviço altruísta... Outro dia ouvi de uma mãe para a filha: “Filha, não adianta... Não está nela!” A frase me chamou a atenção. Nossa missão é descobrir o que está em nós para ser desenvolvido, sentir o que nos compete fazer, encontrar nosso canal de conexão com a vida. Assim flui, assim fica mais fácil e mais simples. Vamos!

Últimas de Rio De Janeiro