Ex-Karametade é preso em Paris por morte de argentino no Rio

Ele é um dos quatro suspeitos de assassinar a vítima na porta de uma boate em Ipanema, na Zona Sul, em março deste ano

Por O Dia

Rio - Ex-integrante do grupo Karametade, o cantor Valterson Ferreira Cantuária, 28 anos, foi preso em Paris, na França, nesta segunda-feira. Conhecido como Toddy Cantuária, ele é um dos quatro suspeitos de matar Matías Sebastian Carena, 28, em março deste ano, na saída de uma boate em Ipanema, Zona Sul do Rio. Ele era jogador de futsal na Argentina.

Tody CantuáriaReprodução

De acordo com informações de jornais locais, o cantor será extraditado para o Brasil. Ele estava foragido e era alvo de um mandado de prisão internacional. Cantuária foi encontrado perto da Torre Eiffel na tarde desta segunda.

Segundo a imprensa francesa, o Brasil ofereceu uma recompensa de 270 mil euros (R$ 1,01 milhão) por quem desse informações sobre a localização do suspeito. Os jornais locais disseram ainda que Cantuária fugiu para Madri inicialmente e, de lá, foi para a França.

Matias Carena (à direita) posa com amigo ao chegar em aeroporto no Rio de JaneiroReprodução Twitter


Últimas de Rio De Janeiro