Suspeito de matar turista argentino é preso

Tody Cantuária foi capturado em Paris, na França, após parceria da Polícia Federal, Interpol e a polícia francesa

Por O Dia

Rio - Um dos suspeitos de ter participado da morte de um argentino foi preso nesta terça-feira, em Paris, na França. A cauptura Valterson, mais conhecido como Tody Cantuária, foi realizada pela polícia francesa, que atuou em cooperação com a Polícia Federal e a Interpol.

Turista argentino morreu após briga na Zona Sul do Rio%3B Suspeitos estão foragidosReprodução TV Globo

Após a inclusão de Valterson Ferreira Cantuária na lista de procurados internacionais em 24 dejunho de 2017, agentes da Polícia Federal reconstituíram os movimentos do foragido desde a cena do crime até o seu destino final em Paris. As informações coletadas foram repassadas a Polícia Francesa que efetuou a prisão.

Valterson será extraditado para o Brasil para responder perante a Justiça do Rio pelo crime dehomicídio. O rapaz  é músico e até novembro do ano passado integrou o grupo de pagode Karametade. 

Matias Sebastian Carena morreu após se envolver em uma briga com um grupo de brasileiros. A briga ocorreu após uma festa em um bar na Rua Vinícius de Moraes. Matias e três amigos argentinos se desentenderam com outras pessoas que saíam da festa e começaram a brigar na calçada.

Seguranças conseguiram apartar a confusão, que continuou do outro lado da rua. Matias então se desequilibrou e caiu de cabeça em uma quina na calçada, ficando desacordado. Ele continuou a ser agredido com socos e até uma muleta.

A vítima foi levada para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, onde já teria chegado morta.

* Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas de Rio De Janeiro