Escolas do Jacarezinho e Manguinhos fecham por tempo indeterminado

De acordo com SME, 15 escolas serão fechadas e outras 11 farão horários alternativos para não expor alunos a riscos de tiroteios

Por O Dia

Rio - O secretário municipal de Educação César Benjamin decidiu, na noite desta segunda-feira, fechar por tempo indeterminado 15 escolas localizadas na comunidade do Jacarezinho, Zona Norte do Rio. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (SME), outras 11 escolas — duas do entorno do Jacarezinho e nove de Manguinhos — farão horários alternativos para não expor seus alunos a riscos de tiroteios.

Ainda segundo a SME, decisão foi tomada após prolongada reunião nesta tarde, com 26 diretores de escolas das comunidades. Uma equipe de assessores vai monitorar diariamente a situação da área do Jacarezinho batizada de "polígono da violência nas escolas", para decidir o momento apropriado para a reabertura das 15 unidades escolares e da volta ao horário normal das demais unidades.

Forças de segurança fizeram operação em seis favelas do Rio nesta segunda-feira. Os agentes prenderam pelo menos 26 pessoas e apreenderam drogas e caça-níqueisFoto%3A Estefan Radovicz / Agência O Dia

De acordo com o secretário, a equipe de assessores vai estabelecer também um cronograma de reposição das aulas perdidas pelos alunos dessas unidades escolares. 

Veja a galeria de fotos

Nesta segunda-feira, 4% das escolas da rede de ensino fecharam: 64 unidades, deixando 26.975 alunos sem aulas. A SME informou que do início do ano letivo (2 de fevereiro) até hoje, 409 unidades escolas fecharam por conta da violência, prejudicando o aprendizado 145.928 estudantes.   

Operação em seis favelas

As forças de segurança realizam, desde a madrugada desta segunda-feira, uma operação em seis favelas: Jacarezinho, Manguinhos, Mandela, Bandeira 2, Complexo do Alemão, Parque Arará. Os agentes também atuam no condomínio Morar Carioca, na Zona Norte. Até o momento, 40 pessoas foram detidas, entre os presos está o recruta do Exército Matheus Ferreira Lopes, de 19 anos.

Também foram apreendidas sete pistolas, duas granadas, 20 motos e sete carros. Além disso, foram encontrados drogas, munição e máquinas caça-níqueis, ainda não contabilizadas, nas comunidades. O efetivo mobilizado foi de 7 mil agentes. Foram utilizados ainda 46 blindados e 532 veículos.

Últimas de Rio De Janeiro