Prefeitura vai reconstruir alojamento estudantil da UFRJ destruído em incêndio

Crivella e reitor Roberto Leher se reuniram nesta segunda para falar sobre alojamento, reabertura do Canecão e outras parcerias

Por O Dia

Rio - O prefeito Marcelo Crivella e o reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Roberto Leher firmaram, nesta segunda-feira, uma parceria para a reconstrução do alojamento estudantil da Universidade, destruído por um incêndio na madrugada do dia 2 deste mês. Segundo o acordo, a Prefeitura vai financiar a reforma e, em troca, a Universidade vai qualificar professores da rede municipal de ensino.

Incêndio atingiu alojamento da UFRJSeverino Silva / Agência O Dia

"Estamos felizes e animados com essa parceria. Precisamos de um alojamento para cerca de 300 estudantes. Estamos estudando, inclusive, a possibilidade de ampliar essa moradia para algo que poderia ser um modelo para o país. Seria o 'Minha Casa Universitária', em parcera com a Caixa Econômica e o Ministério das Cidades", comentou o reitor da UFRJ.

O prefeito e o reitor da UFRJ se reuniram nesta segunda-feiraDivulgação

Na reunião, que aconteceu na sede da Prefeitura, também foi tratado o tema da reabertura do Canecão, casa de shows em Botafogo cujo terreno pertence à Universidade, mas está fechada desde 2008. "Há uma decisão judicial para que ali seja um espaço não apenas comercial, de espetáculos para grandes artistas, mas que também tenha espaço para que os nossos jovens universitários possam produzir suas peças e desenvolver seus dons musicais", disse Crivella.

O prefeito e o reitor também combinaram uma ida conjunta ao Ministério da Saúde, para reinvindicar 220 novos leitos para o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, também no Fundão, para aumentar a oferta de cirurgias de transplantes e outros procedimentos. Houve também um acordo de trabalho conjunto para ajudar a Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo), que sofre com a crise orçamentária estadual.

Últimas de Rio De Janeiro