Ônibus é incendiado por criminosos em viaduto de Bangu

Segundo o relato de moradores, a queima do coletivo teria acontecido em represália a morte de um morador

Por O Dia

Rio - Um ônibus foi incendiado no viaduto velho de Bangu, na manhã desta terça-feira, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os agentes foram acionados para combater as chamas por volta das 10h. O coletivo faz a linha 812 (Carobinha x Bangu). O Centro de Operações Rio confirmou que o a Estrada do Engenho, que dá acesso ao viaduto, foi interditada na altura da Rua Dr. Augusto Figueiredo. Não há informações de feridos.

Criminosos teriam bloqueado a via e ateado fogo ao primeiro coletivo que passouReprodução Facebook / Bangu Ao Vivo

Segundo moradores da comunidade Vila Aliança, o ataque ao coletivo seria em represália a morte de Niltair Silva dos Santos, de 32 anos, conhecido como Mudinho, que teria sido baleado durante confronto entre a polícia e criminosos. 

Niltair foi levado para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu aos ferimentos. No Facebook, a mensagem de luto pela morte do morador se espalhou. "Mais um trabalhador inocente vítima de uma violência bruta", lamentou uma usuária.

A Polícia Militar informou que PMs do 14º BPM (Bangu), operação na Vila Aliança na manhã desta segunda-feira a fim de reprimir o roubo de cargas.

Um suspeito foi preso e com ele foram apreendidos uma pistola, um carregador, uma granada e um rádiotransmissor. A PM não informou se houve confronto no local.

A Corregedoria da Polícia Militar instaurou um inquérito policial militar (IPM) para investigar a morte de Niltair. 

Incêndios criminosos

Por meio de nota, a Fetranspor informou que 78 ônibus foram alvos de incêndios criminosos este ano no estado do Rio. Em 2016 foram 121 coletivos incendiados, 14 deles na Zona Oeste. A Fetranspor estima que o custo de reposição dos veículos atacados em 2016 e 2017 é de R$ 54,6 milhões.

Últimas de Rio De Janeiro