Identificados dois suspeitos da morte de cabo da PM em Nova Iguaçu

Um dos identificados é menor de idade. Divisão de Homicídios acredita que pelo menos três criminosos sequestraram e mataram Thiago da Silva

Por O Dia

Thiago Rodriguez da Silva era cabo da Polícia Militar e tinha 32 anosWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense já identificou dois suspeitos da morte do cabo da Polícia Militar, Thiago Rodriguez da Silva, encontrado morto nesta terça-feira, em Nova Iguaçu. Um deles é menor de idade. Thiago da Silva é o 98º policial militar morto no Rio este ano.

Segundo o delegado Giniton Lages, da Delegacia de Homicídios da Baixada, os dois suspeitos atuaram com pelo menos mais um comparsa, que ainda foi não identificado. Os investigadores, contudo, não descartam a participação de até seis pessoas no crime.

As suspeitas apontam que o policial, de 32 anos, foi sequestrado na porta de casa, quando saía com seu carro. O delegado acredita que ele pode ter entrado em luta corporal com os criminosos e levou dois tiros.

Nesta terça-feira, o Portal dos Procuradores divulgou um cartaz oferecendo uma recompensa de R$ 50 mil por informações que levem até os suspeitos de matar o cabo Thiago da Silva, mesmo valor oferecido por informações que levem aos reponsáveis pela morte do policial Bruno Guimarães, da Core, morto em ação no Jacarezinho.

Últimas de Rio De Janeiro