'Arrancaram um pedaço de mim', lamenta filha de PM morto em São Gonçalo

Subtenente foi o 99º policial militar assassinado no estado em 2017

Por O Dia

O subtentente Mabel Sampaio estava de folga quando sofreu tentativa de assalto e foi morto na porta de casaWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - A filha do PM Mabel Sampaio, 53 anos, lamentou a morte do pai nas redes sociais, na manhã desta sexta-feira. O subtenente foi assassinado em São Gonçalo, nesta quinta, em uma tentativa de assalto enquanto chegava em casa. Ele foi o 99º policial militar morto no estado em 2017.

Na Internet, a jovem reforçou que os bandidos tiraram a vida de "um pai de família, um amigo querido por todos e um homem incrível". "Difícil acreditar que tiraram você de mim. Destruíram a nossa família. Infelizmente, esse mundo está cheio de monstros", escreveu.

A menina afirmou que temia que o pai fosse mais um dos PMs mortos no estado neste ano. "Que pai maravilhoso você foi. O melhor pai desse mundo, o melhor amigo e marido. Morreu lutando por nós, nos protegendo e eu prometo que vou honrar teu nome. Arrancaram um pedaço de mim, meu Deus! Eu não consigo imaginar minha vida sem você, mas tenho que ser forte para continuar e fazer tudo o que queria que eu fizesse. Vou cuidar da mamãe como sempre fiz, e vou cuidar do meu irmão", destacou a jovem.

PM Mabel Sampaio foi morto em São GonçaloReprodução Facebook

Ela agradeceu ainda ao pai e enfatizou que Sampaio era "digno" e que "sempre será muito amado por todos". "Estará para sempre em nossos corações e em nossas memórias. Levarei comigo sempre as coisas boas, e a lembrança do grande homem que você foi! Não consigo escrever, não consigo usar mais palavras pois a dor que eu estou sentindo é grande demais. Estou perdida, sem chão... Olhe por nós onde estiver. Te amarei por toda a eternidade, descanse em paz", completou.

Após ser atingido, o PM chegou a ser socorrido no Pronto Socorro Dr. Armando Gomes de Sá Couto, em Zé Garoto, mas morreu na unidade. O subtenente vai ser enterrado, às 15h desta sexta-feira, no Cemitério Parque Nyteroy, em São Gonçalo.

Últimas de Rio De Janeiro