Ex-secretário de Saúde devolve R$ 13,5 milhões ao estado

Sérgio Côrtes está preso por corrupção desde abril. O montante estava depositado em conta nas Bahamas

Por O Dia

Rio - O ex-secretário de Saúde do Estado do Rio, Sérgio Côrtes, devolveu ao estado do Rio US$ 4,3 milhões (cerca de R$ 13,5 milhões). Entretanto, o valor é bem menor do que os R$ 300 milhões que o Ministério Público Federal (MPF) estima que foram desviados da Saúde do Rio por Côrtes e outros acusados.

Côrtes, que foi secretário no governo de Sérgio Cabral, está preso desde abril por corrupção. De acordo os seus advogados de defesa, a transferência faz parte de uma "confissão qualificada", em que o réu barganha a redução de pena em troca de facilitar a devolução do dinheiro ilegal e explicar como foi obtido. 

Sérgio Côrtes foi secretário no governo de Sérgio CabralReprodução TV Globo


Últimas de Rio De Janeiro