Adolescente é morto no Complexo do Chapadão

'Mataram um rapaz inocente', lamentou o pai do rapaz. Segundo a família, ele foi atingido enquanto trabalhava em um 'ferro velho'

Por O Dia

Denilson de Souza Morais%2C de 16 anos%2C foi morto no Complexo do ChapadãoReprodução Facebook

Rio - Um adolescente foi morto no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio, nesta terça-feira. De acordo com a família, Denilson de Souza Morais, de 16 anos, foi atingido no pescoço no momento em que queimava cobre em um 'ferro velho' onde trabalhava. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Estadual Carlos Chagas, mas não resistiu.

Outros dois adolescentes estavam com Denilson no momento do crime e foram feridos por estilhaços. A irmã do rapaz, Priscila Morais, de 25 anos, disse que foi a primeira a chegar no local e viu o rapaz 'agonizando'. Ela acusou os policiais militares pela morte do irmão.

"Os vizinhos tentaram tirá-lo de lá, mas na hora que os PMs viram que era morador baleado, foram embora. Fizeram isso e acabou. Ninguém viu mais os policiais. O meu irmão tomou um único tiro. Não estava tendo confronto e não era operação, pois não teve tiros. Eu ajudei o meu irmão até o final", afirmou Priscila.

O pai do adolescente, Cremilson de Moraes Dionísio, 43 anos, contou que o filho era trabalhador e também estudava. Segundo o mecânico, o filho costumava visitá-lo em sua casa, em Jacarepaguá. A última vez foi há 15 dias.

"Nunca imaginei perder um filho assim. Eu estava trabalhando quando fui avisado [do crime]. O padrasto dele me ligou. Está sendo uma tristeza. Não sei o que vai ser de agora em diante. Mataram um rapaz inocente", destacou Cremilson. "Tenho quatro filhos e ele era meu caçula. Há quatro anos, perdi outro filho em acidente de moto. Agora fica difícil. É mais um pedaço do meu coração que eu perco", lamentou.

Após a morte de Denilson, os moradores fizeram uma passeata em homenagem à vítima e pedindo paz na comunidade, na Estrada Rio do Pau, na Pavuna, Zona Norte, na noite desta terça. Amigos e parentes organizam uma nova manifestação para a tarde desta quarta-feira. O enterro do adolescente está previsto para esta tarde, no Cemitério Ricardo de Albuquerque.

Procurada pelo DIA, a Polícia Militar informou que PMs de unidades subordinadas ao 2º Comando de Policiamento de Área (CPA) fizeram uma operação contra roubo de cargas, no Chapadão e na Pedreira, nesta terça-feira.

"Ainda na manhã de ontem, o 9ºBPM (Rocha Miranda) foi informado que uma pessoa ferida deu entrada no Hospital Estadual Carlos Chagas oriunda da região do Chapadão. A Corregedoria da Polícia Militar instaurou um inquérito policial militar (IPM) para investigar o caso", completou, em nota.

Reportagem do estagiário Rafael Nascimento, sob supervisão de Gabriela Mattos

Últimas de Rio De Janeiro