Tatuadores farão gratuitamente reconstrução de aréolas mamárias

Vinte clientes já agendaram os procedimentos em Friburgo, sempre às segundas-feiras

Por O Dia

Rio - A reconstrução mamária é capaz de devolver, mais que a estética, a felicidade de mulheres que superaram o câncer e passaram por mastectomia. Tatuadores do Rio e da Região Serrana absorveram o espírito de solidariedade do Outubro Rosa— campanha de conscientização sobre o câncer de mama —e vão oferecer gratuitamente a reconstrução de aréolas e papilas mamárias em setembro e outubro.

Tatuadores farão gratuitamente reconstrução de aréolas mamáriasAgência O Dia

Com 12 anos de carreira, o tatuador Rodrigo Catuaba, de Nova Friburgo, reserva parte do tempo para dedicar sua sensibilidade artística às mulheres que enfrentaram o tratamento. Há três anos, Catuaba presenteia pelo menos uma ou duas mulheres por mês com a reconstrução gratuita dos seios. Em outubro, ele pretende atender até 50 guerreiras nas segundas-feiras, mediante agendamento.

Como o trabalho de caridade de Rodrigo é permanente, as que não conseguirem vaga para outubro serão atendidas depois. O procedimento leva de uma a duas horas. “A reconstrução com tatuagem 3D é voltada para todas as mulheres mastectomizadas, maiores de 18 anos, com autorização médica. É uma solução para cobertura de cicatriz, corrigir falhas em seios, redesenhar e igualar a cor dos mamilos”, explicou o profissional.

Rodrigo Catuaba%2C de Nova Friburgo%2C faz tatuagens há doze anosDivulgação

A professora Simone Funari, 55 anos, foi quem sensibilizou Rodrigo a iniciar o projeto em 2014. Ela passou por quatro cirurgias entre 2011 e 2012. Depois de perder a mama direita e fazer plástica, ficou sabendo com um cirurgião que poderia fazer tatuagem para igualar a cor dos mamilos e cobrir uma cicatriz. “Esse trabalho é maravilhoso porque a mulher sai com a autoestima lá em cima. É uma doença difícil de enfrentar e, depois de passar por tudo isso, tive um final feliz”, comemorou.

No estúdio Kiko Tattoo, na cidade do Rio, a campanha tem até nome: Espelho, espelho meu. Lá, a tatuagem de aréola mamilar será oferecida gratuitamente para as mulheres que agendarem em setembro e outubro, com liberação médica. O objetivo é atender quem não pode pagar pelo procedimento, que custa R$ 1.600. O estúdio tem unidades na Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Gávea. “É o segundo ano que fazemos a campanha, o que nos traz muito orgulho. Queremos atender muitas mulheres e ajudá-las a se olharem felizes no espelho”, contou Kiko.

Silvana Vieira, 58, enfrentou a doença aos 42 anos, e no ano passado, resgatou sua autoestima no estúdio. “Eu me sentia mal e não conseguia me olhar no espelho. Até que eu pensei que concluir a mama e ficar o mais normal possível, me faria muito bem. Estou muito feliz com o resultado, não doeu nada”, declarou.

Tatuagem reproduz mamilosDivulgação

Mastologistas recomendam a técnica

A tatuagem é uma técnica reconhecida pelos médicos. “A reconstrução de aréola e papilas pode ser feita de duas formas: usando tecido ou pele da própria paciente, em cirurgia plástica ou com tatuagem. Há uma tendência de se fazer a tatuagem porque é menos um tempo cirúrgico e a evolução técnica dos tatuadores é muito grande”, afirmou o mastologista membro titular da Sociedade Brasileira de Mastologia, Rafael Machado. O profissional orienta as mulheres a escolherem um tatuador recomendado pelo seu médico.

O contato com Rodrigo Catuaba pode ser feito pelo WhatsApp (22) 99217-8273, telefone (22) 2522-5090 ou pela página dele no Facebook. No estúdio Kiko Tattoo, o procedimento grátis é agendado pelo telefone (21) 2438-4539, da filial Barra da Tijuca.

Últimas de Rio De Janeiro