Escultor morre eletrocutado no barracão da São Clemente

Igor Sérgio da Silva Faria, de 21 anos, estava retirando um aparelho da tomada quando recebeu a descarga elétrica

Por O Dia

Igor Sérgio da Silva de Farias%2C de 21 anos%2C morreu eletrocutado no barracão da São ClementeReprodução Facebook

Rio - Um escultor morreu eletrocutado dentro do barracão da São Clemente, na Cidade do Samba, na noite desta quinta-feira. De acordo com as primeiras informações, Igor Sérgio da Silva Faria, de 21 anos, estava retirando um aparelho da tomada quando recebeu a descarga elétrica.

A Polícia Civil já fez uma perícia no local e as investigações estão sendo realizadas pela 4ª DP (Presidente Vargas). O corpo já passou por necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, a escola de samba lamentou a morte de Igor e contou que o escultor de alegorias fazia parte da equipe de poliescultura coordenada por Flavinho Escultor.

O presidente da agremiação, Renato Almeida Gomes, destacou que dará assistência à família. A São Clemente decretou três dias de luto. Por meio do Facebook, a escola anunciou que a semifinal da escolha de samba-enredo, que seria realizada neste sábado na quadra, foi transferida para a próxima terça-feira. 


Últimas de Rio De Janeiro