Informe: Bloco 'Rio de Verdade' libera vereadores na votação do IPTU

Grupo é formado por oito vereadores de primeiro mandato

Por O Dia

Rio - Após muita discussão, o recém-criado bloco 'Rio de Verdade', formado por oito vereadores de primeiro mandato, decidiu liberar os parlamentares para votar o reajuste do IPTU da forma como quiserem.

Vereador Luiz Carlos Ramos Filho (Podemos)Paulo Cappelli / Agência O Dia

Mesmo pertencendo à base do governo, Luiz Carlos Ramos Filho (Podemos) diz que votará contra a medida. Ele diz não temer retaliação da prefeitura, já que o partido comanda a Secretaria de Relações Institucionais. "Estou aqui para votar o que for bom para a cidade.

O que não for, vou me posicionar ao contrário. No momento, não tem como a população arcar com mais impostos".


Os outros sete vereadores ainda discutem como votarão logo mais.


Últimas de Rio De Janeiro