Corpo de PM morto em Parada de Lucas será enterrado nesta sexta-feira

Policial foi vítima de um assalto após sair do serviço nesta quinta. Ele chegou a ser levado para o Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu

Por O Dia

Rio - O corpo do PM Júlio Cesar Silva de Oliveira, de 36 anos, será enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, às 16h desta sexta-feira. Ele foi morto durante um assalto, nesta quinta, em Parada de Lucas, na Zona Norte do Rio. O policial chegou a ser levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiu. Júlio é o 102º PM assassinado em 2017.

PM Júlio Cesar Silva Oliveira foi morto em Parada de LucasReprodução Facebook

Segundo a polícia, Júlio foi abordado por criminosos, na Rua Tinharé, enquanto seguia para casa após deixar o serviço. Policiais do 16º BPM (Olaria) chegaram a socorrê-lo e o levaram para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas o policial não resistiu aos ferimentos.

O carro e a arma do policial foram levados pelos criminosos, sendo o veículo encontrado um pouco depois em uma rua próxima ao local do crime. A Delegacia de Homicídios instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias da morte e fez buscas por imagens de câmeras e relatos de testemunhas que ajudem na identificação dos responsáveis.

O PM era casado e deixa dois filhos. Ele estava na corporação desde 2009. Esse foi o 102º policial militar assassinado no estado em 2017.

Últimas de Rio De Janeiro