Por gabriela.mattos

Rio - Representantes do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj), funcionários e alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) protestaram, na manhã desta quarta-feira, contra o aumento da violência na Ilha do Fundão. O ato ocorreu um dia após bandidos renderem um vigilante no estacionamento da unidade e roubaram dois carros.

Bandidos roubaram dois carros no estacionamento do Hospital Clementino Fraga nesta terça-feiraDivulgação

Na ocasião, os motoristas dos veículos foram feitos reféns. Um foi liberado no início da Linha Amarela e o outro no Complexo da Maré. Os criminosos também levaram os pertences de uma das vítimas.

Em nota, a UFRJ informou que a prefeitura est√° verificando as c√Ęmeras de seguran√ßa das vias pr√≥ximas ao estacionamento para ver se capturaram a a√ß√£o dos bandidos. "A Prefeitura da UFRJ desmente relatos de que houve a√ß√Ķes nas linhas internas, bem como invas√£o ou cerco ao HUCFF, ou mesmo arrast√Ķes no entorno, como circulou pelas redes sociais", completou.

Segundo a PM, policiais do 17¬ļ BPM (Ilha do Governador) foram acionados para o local, mas os bandidos j√° haviam conseguido fugir. A corpora√ß√£o destacou que as equipes procuram os criminosos e o ve√≠culo roubado na regi√£o.

A Civil informou que a v√≠tima registrou o caso na 37¬™ DP (Ilha do Governador), que abriu um inqu√©rito para apurar os fatos. De acordo com a pol√≠cia, os agentes j√° pediram imagens de c√Ęmeras de seguran√ßa instaladas na regi√£o para tentar identificar os envolvidos no crime. Os funcion√°rios e testemunhas ainda v√£o depor sobre o caso.

Em nota, o hospital informou que enviar√° um novo of√≠cio para o Secret√°rio de Estado de Seguran√ßa, Roberto S√°, pedindo refor√ßo do policiamento no local, "reiterando pedido de apoio feito em fevereiro deste ano pelos mesmos motivos".

Leia a íntegra da nota

O Hospital Universit√°rio Clementino Fraga Filho (HUCFF) est√° enviando um novo of√≠cio para o Secret√°rio de Estado de Seguran√ßa, Antonio Roberto Ces√°rio de S√°, pedindo refor√ßo do policiamento no local, reiterando pedido de apoio feito em fevereiro deste ano pelos mesmos motivos.

Al√©m disso, um memorando ser√° encaminhado √† reitoria da UFRJ e √† Decania do CCS ressaltando que o corte no efetivo de vigilantes lotados no hospital e no estacionamento da unidade, promovido pela reitoria, est√° comprometendo a integridade de pacientes, funcion√°rios e alunos do HUCFF. Como o contingente √© insuficiente, n√£o est√° sendo garantida  a vigil√Ęncia 24 horas.

O HUCFF também fará um convite formal à reitoria, aos representantes da Prefeitura do campus e da Divisão de Segurança da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para que venham ao hospital esclarecer à comunidade as providências que estão sendo tomadas para garantir a segurança no entorno da unidade.

Refer√™ncia no tratamento de diversas patologias de alta complexidade, o HUCFF realiza, por m√™s, cerca de 20 mil atendimentos ambulatoriais, 400 cirurgias e 600 interna√ß√Ķes. Por dia, seis mil pessoas circulam pela unidade.

O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho pede às autoridades que sejam tomadas com urgência medidas mais efetivas para garantir a integridade de todos.

Você pode gostar