Polícia investiga assassinato de tatuador na Zona Oeste

Vítima foi morta a tiros em seu estúdio de tatuagem

Por O Dia

Rio - A Delegacia de Homicídios (DH) investiga a morte do tatuador Anderson Oliveira de Lima, 44 anos, conhecido como Anderson Caverna. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava em seu estúdio de tatuagem, no início da tarde desta segunda-feira, quando um homem entrou e fez vários disparos.

Tatuador foi morto em seu estúdio%2C em Campo GrandeReprodução Facebook

Ainda conforme os militares, o estúdio de Anderson fica na Rua Iaçu, dentro do camelódromo de Campo Grande. Agentes da DH fizeram perícia no local e buscam imagens que possam ajudar a identificar o autor do crime.

Pelo Facebook, muitos amigos lamentaram a morte do tatuador em sua última postagem, feita há dois dias. "Que Deus o receba de braços abertos", escreveu uma usuária. "Meus sentimentos aos familiares", postou outra.

Ainda não há informações sobre data ou local de sepultamento de Anderson.


Últimas de Rio De Janeiro