Estado informa que terceirizados da limpeza na Uerj receberão até quarta

Decisão foi tomada um dia após categoria anunciar greve diante dos atrasos nos pagamentos

Por O Dia

Rio - Um dia após trabalhadores da limpeza da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), confirmarem greve por falta de pagamento, governo do estado informou que regularizará com a categoria até esta quarta-feira. Segundo o secretario de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, Gustavo Tutuca a expectativa é de que todos os pagamentos em atraso — alguns referentes ao mês de agosto —, sejam acertados até outubro.

Movimentação no primeiro dia de aula na Uerj Severino Silva / Agência O Dia

Ainda ontem, funcionários terceirizados decidiram pela greve após serem informados de que não havia previsão para o pagamento. Em reunião com o grupo, o reitor da universidade responsabilizou o governo pelo atraso dos salários.

Em nota, a empresa prestadora de serviço, APPA, confirmou que o Estado tinha pendências de pagamento desde o ano passado. Ainda de acordo com a Associação de Docentes da UERJ (Asduerj), os terceirizados da segurança também estão com os salários atrasados.