Operação mira milícia que atua na Zona Oeste

Ação é realizada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público contra milicianos atuam em Sepetiba. Pelo menos oito pessoas já foram presas

Por adriano.araujo

Rio - Agentes da Polícia Civil, com o apoio do Ministério Público, realizam uma operação na manhã desta terça-feira em Sepetiba, na Zona Oeste, que mira a milícia que atua na região. Cerca de 120 policiais, além da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), cumprem mandados de busca e apreensão e de prisão contra milicianos. Pelo menos oito pessoas já foram presas.

De acordo com as investigações, que duraram cerca de um ano, os milicianos de Sepetiba realizam cobranças ilegais de moradores e comerciantes, clonagem de veículos para a revenda, roubos de veículos e outras atividades relacionadas à prática de milícia. Outra atividade dos criminosos é a grilagem de terras, que são adquiridas mediante ameaça. 

Ainda não há informações sobre prisões. A ação já apreendeu 20 veículos que tinham sido roubados e clonados pelo grupo de milicianos. Participam da ação agentes do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), do Departamento Geral de Polícia Especializada (DPGE) e do Departamento Geral de Polícia do Interior (DPGI).

Últimas de Rio de Janeiro