Pizzaria é interditada por agentes da Vigilância Sanitária na Baixada

No local, foram encontradas baratas, muita sujeira, alimentos sem procedência e com validade vencida

Por O Dia

Rio - Uma pizzaria foi interditada por agentes da Vigilância Sanitária de São João de Meriti , nesta segunda-feira, no bairro de Vilar dos Teles, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

No local, os agentes apreenderam e inutilizaram 225 kg de alimentos com validade vencida, sem origem de certificação, com presença de fungos, mal acondicionados ou estragados. Além disso, também encontraram insetos e muita sujeira.

De acordo com os agentes, a “Padaria, Pizzaria e Confeitaria Sem Limites”, que fica na Av. Automóvel Clube, em Vilar dos Teles, também apresentava péssimas condições de limpeza no forro do teto, coifa e no fogão. Ainda segundo a Vigilância, as fritadeiras do local estavam abastecidas com óleo velho.

A interdição teria acontecido após o órgão receber denúncias anônimas de frequentadores do restaurante. Por ordem dos agentes, o local, que é de propriedade do vereador Anderson Braga Miranda, conhecido como Dinho da Farmácia, foi autuado em três infrações e ficará interditado até que todas as exigências sejam cumpridas. Os prazos variam de acordo com a infração, mas devem se estender em até 30 dias para obras, como a troca de piso.

O forro do teto%2C a coifa e o fogão também estavam em péssimas condições de conservaçãoDivulgação

No início da noite desta segunda-feira, através de sua página no Facebook, o vereador informou que o comércio é da sua esposa e também acusou o prefeito do municipio, Dr. João e a secretária de Saúde, Marcia Lucas, de perseguição por ele estar fiscalizando o governo do município. "Deixo claro que sou comerciante a 20 anos no município e nunca tive nenhum tipo de perseguição e nenhum dos meus comércios foi fechados ou autuados por irregularidade (sic)", publicou Dinho na rede social. 

Procurada, a Prefeitura de São João de Meriti informou que não irá responder sobre as acusações do vereador.

Veja o vídeo feito pelo vereador sobre a interdição :

Reportagem do estagiário Lucas Cardoso, sob supervisão de Thiago Antunes

Últimas de Rio De Janeiro