Informe: PMDB dividido para 2018

Alguns integrantes do primeiro escalão do governo Pezão (PMDB) defendem que o partido abra mão de encabeçar a disputa e encampe a candidatura de Eduardo Paes (PMDB) ao Senado

Por O Dia

Rio - Ter ou não ter, eis a questão. Partido com mais musculatura no estado, o PMDB quebra a cabeça para decidir se terá ou não um candidato próprio ao Palácio Guanabara em 2018. Alguns integrantes do primeiro escalão do governo Pezão (PMDB) defendem que o partido abra mão de encabeçar a disputa e encampe a candidatura de Eduardo Paes (PMDB) ao Senado.

Seja como for, Paes e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), caminharão juntos. Ambos se falam diariamente via WhatsApp. Caso Cesar Maia (DEM) seja o nome para o governo estadual, já há peemedebistas que defendem que o vice seja do PP.

Reforma definida

O prefeito Marcelo Crivella bateu o martelo. Pedro Fernandes (PMDB) assumirá a Secretaria de Assistência Social, vaga desde a saída de Teresa Bergher (PSDB). A de Conservação e Meio Ambiente ficará com Jorge Felippe Neto (DEM) o atual titular, Rubens Teixeira (PRB), irá para a presidência da Comlurb. Subsecretária de Esportes, Patrícia Amorim vai para a Subsecretaria de Legado Olímpico, que ainda será criada. Já a Subsecretaria de Esportes ficará com um nome indicado pela bancada do PMDB da Câmara Municipal. Também haverá mudanças no comando de Regiões Administrativas.

Cunhado na mira

O conselho deliberativo do Sebrae-RJ decidirá dia 10 se destitui o diretor-superintendente Cesar Vasquez. Cunhado de Sérgio Cabral é casado com a irmã do ex-governador , Vasquez é acusado de irregularidades em licitação. Quem conhece o conselho diz que Vasquez entrará pelo cano.

Irados

Deputados federais do Rio estão uma fera com o Ministério da Cultura. É que a pasta esqueceu de convidar os parlamentares para o lançamento do 'Rio de Janeiro a Janeiro', que define uma agenda positiva para a cidade. Para tentar melhorar a situação, Moreira Franco convidou a turma para um encontro no Palácio Guanabara amanhã. Mas tem muita gente torcendo o nariz.

Os dois lados

Apesar da crítica de vereadores, a prefeitura crê que a privatização da Rio Luz reduzirá custos e melhorará o serviço. 


Últimas de Rio De Janeiro