PM faz operação na Maré em busca de Rogério 157

Segundo denúncias, chefe do tráfico da Rocinha teria fugido para a favela da Zona Norte. Policiais do Bope, Choque e BAC estão no local

Por O Dia

Rio - Policiais dos Batalhões de Operações Policiais Especiais (Bope), do Choque e de Ações com Cães (BAC) realizaram, nesta quinta-feira, uma operação no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Os PMs buscam informações sobre Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, chefe do tráfico da Rocinha. 

Segundo denúncias, o traficante poderia ter fugido da favela da Zona Sul e ter se abrigado na Maré. Ele é um dos responsáveis pelos confrontos que ocorrem na comunidade há mais de uma semana.

Polícia apreendeu meia tonelada de drogas na Nova Holanda%2C na MaréReprodução de vídeo / Divulgação

Os policiais detiveram um suspeito e apreenderam uma pistola, uma moto, um radiotransmissor e materiais para embalar drogas no Parque União. Os PMs encontraram ainda uma fábrica clandestina de bebidas falsificadas. Já na Nova Holanda, o BAC apreendeu dois fuzis M16 e meia tonelada de drogas.

Desde o início desta manhã, os moradores relatam intensas trocas de tiros na comunidade. "Acabei de ver o 'caveirão' [carro blindado] entrando na comunidade, tomem cuidado", alertou um dos internautas. "Maré pede paz", disse outro. 

Uma pistola também foi apreendida na operação no Complexo da MaréEstefan Radovicz / Agência O Dia

Operação no Alemão

?O Bope também fez uma operação no Complexo do Alemão, nesta quarta, após receber denúncias de que Rogério 157 estaria na favela. 

Desde a última sexta-feira, militares das Forças Armadas estão na Rocinha. De acordo com a corporação, bandidos teriam saído do local por meio da mata e ido em direção à favelas da Zona Norte, como os morros do Borel e do Salgueiro, na Tijuca. 

Prisões na Rocinha

A polícia já cumpriu 11 mandados de prisão dos 55 expedidos pela Justiça contra criminosos envolvidos na guerra da Rocinha. Nesta quarta-feira, Matheus Freitas de Miranda foi preso pela 11ª DP (Rocinha) em uma operação na favela.

Além de Matheus, também foi preso José Gladson de Oliveira Fernandes por um mandado de prisão pendente pelo crime de furto. Uma mulher, identificada como Silvia Braga Soares de Oliveira, foi presa na mata da comunidade com uma carga de roupa roubada. Ela pagou fiança e foi liberada. 

Na ação também foi apreendido um adolescente e três tabletes de pasta base de cocaína, uma garrafa de "cheirinho da loló", três garrafas de um líquido usado na produção de drogas, além de embalagens de maconha e cocaína prontas para a venda. 

Últimas de Rio De Janeiro