Interior quer os turistas da capital

Visitantes que desembarcam no Rio podem movimentar o turismo nas outras 91 cidades fluminenses

Por O Dia

Rio - As cidades do Estado do Rio querem pegar carona no recém-lançado calendário de eventos 'Rio de Janeiro a Janeiro'. Isso porque o programa, que visa aumentar o fluxo de visitantes na capital, pode funcionar como mola propulsora do setor turístico dos demais 91 municípios fluminenses, gerando empregos e renda. Afinal, estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que um aumento de 20% no número de turistas pode injetar R$ 6,1 bilhões na economia, com 170 mil postos de trabalho.

Com números tão prósperos, o secretário de Turismo do Estado do Rio, Nilo Sergio Felix, acredita ser fundamental trabalhar para fazer com que os turistas que desembarcam na capital também venham a visitar as outras cidades fluminenses. Para tanto, o principal material promocional da secretaria é o guia Rio 3, com sugestões de roteiros distantes até três horas do município do Rio.

História é atração em Petrópolis. Em Macaé%2C natureza e negóciosDivulgação

"Temos serra e mar a poucos quilômetros da capital, com atrações para os mais variados gostos. Todos os segmentos do turismo histórico, cultural, gastronômico, religioso, ecológico e de aventura podem ser realizados nos 91 municípios do interior", destaca Felix.

Para atrair de forma eficiente os turistas que visitam a cidade do Rio, Petrópolis pretende aumentar a participação nos eventos e feiras do setor turístico. Outra medida é ampliar a distribuição de material de divulgação nos locais estratégicos da capital, além de estreitar ainda mais os laços com as agências e operadoras de viagem e guias de turismo.

"Estamos estreitando as parcerias com a iniciativa privada e dando apoio aos eventos para garantir um calendário de atrações ainda mais completo, sendo mais um atrativo aos visitantes que vêm à Cidade Imperial", salienta Marcelo Valente, presidente da Turispetro.

O secretário de Turismo de Paraty, Gabriel Costa, conta que a atual gestão investe em um vasto calendário cultural para atrair mais turistas para a cidade. Tal calendário, aliás, é composto de diversos eventos, inclusive internacionais, como é a FLIP e no Festival MIMO este será realizado entre os dias 6 e 8 de outubro.

"Nos preparamos para o lançamento da campanha 'Paraty, Cidade dos Festivais', haja vista que abarcamos os maiores festivais internacionais do país, como o Estações Musicais (de música de câmara e instrumental), o Paraty em Foco (de Fotografia), Folia Gastronômica (de gastronomia), e Bourbon Festival de Jazz (de jazz), além da própria FLIP e o MIMO", salienta Costa.

Mídias sociais

A Secretaria de Turismo de Macaé aposta nas mídias sociais e nos influenciadores digitais para promover a cidade e atrair mais visitantes. Segundo o secretário adjunto Leonardo Anderson, também foi aprovado orçamento de R$ 200 mil para o planejamento de marketing em 2018. "A campanha #descubramacae nas redes sociais é um convite para os turistas para descobrirem um novo destino. Serve para apresentar os atrativos turísticos e nosso calendário de eventos", valoriza Anderson.

Parques estaduais ganham site

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) aposta no turismo ecológico para aumentar o fluxo de visitantes no Estado do Rio. Tanto que lançou na 45ª ABAV Expo Internacional de Turismo, em São Paulo, site dedicado aos 11 parques estaduais administrados pelo órgão.

Em www.inea.rj.gov.br/visiteparquesestaduais pode-se obter informações sobre a fauna e flora, história e atrativos como trilhas e cachoeiras dos parques. Há ainda mapas interativos com os traçados e tempos de percurso. “Pretendemos divulgar áreas naturais de rara beleza e ainda receber visitantes com qualidade e atenção, estimulando o lazer, o ecoturismo e a conservação”, disse Paulo Schiavo, diretor do Inea.

Últimas de Rio De Janeiro