PM é preso suspeito de matar mulher a tiros em bar na Taquara

Maria Bernadete Ramos de Paiva, 57 anos, foi morta a tiros e policial foi preso em flagrante. A Delegacia de Homicídios (DH-Capital) investiga o caso

Por O Dia

Rio - Um soldado da Polícia Militar foi preso em flagrante após matar uma mulher a tiros dentro de um bar na Taquara, na Zona Oeste, na madrugada deste sábado. O crime aconteceu no estabelecimento localizado na Estrada do Curumau. A Delegacia de Homicídios (DH-Capital) investiga o caso.

De acordo com informações do 18º BPM (Jacarepaguá), os policiais do batalhão foram acionados após receberem uma denúncia de tentativa de homicídio no bar e, quando chegaram ao local, encontraram Maria Bernadete Ramos de Paiva, 57 anos, morta. Segundo informações, ela seria dona do bar onde ocorreu o crime. 

Com base em informações de testemunhas de que o atirador havia saído há pouco, os policiais realizaram buscas e prenderam o homem, que é PM. Com Hugo Leonardo da Silva Carvalho encontrado um coldre e oito munições de calibre 38.

O policial militar foi preso e apresentado na Delegacia de Homicídios (DH-Capital), que vai investigar o caso. O PM será conduzido para a Unidade Prisional da PMERJ, no bairro Fonseca, em Niterói. Segundo a DH-Capital, o soldado da PM está afastado da corporação pela psiquiatria. Testemunhas foram ouvidas na especializada.


Últimas de Rio De Janeiro