PF faz operação contra cartel que desviava recursos de merenda escolar

Polícia Federal cumpre 21 mandados de prisão temporária e 30 de busca e apreensão em vários municípios do estado, principalmente na Baixada

Por O Dia

Rio - A Polícia Federal (PF) realiza, na manhã desta sexta-feira, uma grande operação contra uma quadrilha que desviava recursos públicos destinados à merenda escolar de várias cidades do estado do Rio, principalmente em municípios da Baixada Fluminense. Os 165 agentes tentam cumprir  21 mandados de prisão temporária e 30 de busca e apreensão no Rio, Niterói e em Duque de Caxias.

O esquema criminoso age através de um cartel de empresas do ramo alimentício e de serviços para desviar recursos públicos. As investigações da PF foram realizadas em conjunto com Controladoria-Geral da União (CGU), Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Receita Federal e Ministério Público Federal (MPF), através de uma força-tarefa.

Eles identificaram diversos procedimentos licitatórios fraudulentos, com evidências de direcionamento das contratações, superfaturamento, corrupção, além da constatação de utilização de empresas constituídas em nome de “laranjas”, blindagem patrimonial e lavagem de dinheiro.

Os presos serão indiciados por formação de cartel (art. 4, I da Lei 8.137/90), crime de licitações (art. 90 da Lei 8.666/90) e corrupção ativa (art. 333 do CPB), dentre outros. Após os procedimentos de praxe, eles serão encaminhados ao sistema prisional do estado, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Últimas de Rio De Janeiro