Militar do Exército é autuado por ofensa ao pudor

Segundo moradores dos municípios de Cardoso Moreira e Italva, no Norte Fluminense, ele estacionava o carro e se masturbava em público

Por O Dia

Rio - O sargento do Exército Vinícius Simeão Pinto foi autuado por ofensa ao pudor, na tarde deste domingo, no município de Italva, no Norte Fluminense. Segundo moradores dos municípios de Cardoso Moreira e Italva, o militar estacionava o carro e se masturbava em público. 

Militar do Exército é autuado por ofensa ao pudorWhatsApp O DIA (98762-8248)

Segundo a Polícia Militar, o 29º BPM (Itaperuna) foi acionado para ocorrência. O homem foi levado para a 148ª DP (Italva) e autuado. Ele foi reconhecido por quatro vítimas. 

Procurado pela O DIA, o Comando Militar do Leste informou que "as investigações para apurar o caso estão em curso na esfera civil e o suspeito responde em liberdade." Além disso, segundo o Comando, foi instaurado um procedimento administrativo para apurar o caso.

"Cabe destacar que o Exército Brasileiro repudia veementemente quaisquer atitudes e comportamentos não condizentes com as leis, normas e valores da sociedade", diz um trecho da nota.

Confira a nota na íntegra:

"A Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Leste informa que, no dia 8 de outubro, o 2° Sargento Vinícius Simeão Pinto foi conduzido à 148ª Delegacia de Polícia, localizada no município de Italva (RJ). Na ocasião, o militar prestou depoimento por ter sido apontado por moradores da cidade como suspeito de praticar ato libidinoso, expondo partes íntimas do corpo.

As investigações para apurar o caso estão em curso na esfera civil e o suspeito responde em liberdade. Além disso, no âmbito da Força, foi instaurado procedimento administrativo.

Cabe destacar que o Exército Brasileiro repudia veementemente quaisquer atitudes e comportamentos não condizentes com as leis, normas e valores da sociedade."

 


Últimas de Rio De Janeiro