Agente fazendário acusado de integrar quadrilha de Sérgio Cabral deixa prisão

Preso no dia 2 de fevereiro, ele foi condenado a nove anos de prisão por lavagem de dinheiro

Por O Dia

Rio - O agente fazendário Ary Ferreira da Costa Filho, acusado de atuar como operador financeiro no esquema de corrupção do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), deixou a cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio, por volta das 10h50 deste sábado.

Preso no dia 2 de fevereiro, na sexta-feira, ele foi condenado a nove anos de prisão por lavagem de dinheiro, mas foi autorizado pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, a recorrer da sentença em liberdade. Costa Filho deixou a prisão acompanhado por dois advogados, mas nenhum deles conversou com a imprensa.

Também na sexta-feira (20) ele foi denunciado novamente à Justiça por outros crimes de lavagem de dinheiro. 

Últimas de Rio De Janeiro