Funcionários do Hospital Municipal Rocha Faria fazem paralisação

Eles denunciaram a falta de recurso na unidade e salários atrasados

Por O Dia

Rio - Na madrugada deste sábado, 58 profissionais de enfermagem faltaram ao trabalho na unidade do Hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Eles denunciaram a falta de recurso na unidade e salários atrasados. Já foram registrados 24 pedidos de demissão no mês por conta dos problemas na unidade.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a situação foi monitorada durante toda a noite para minimizar o impacto à assistência da população.

Os pacientes classificados com maior gravidade foram atendidos na Emergência e os casos de menor risco foram redirecionados para outras unidades da região.

“GSE/SAMU e Central de Regulação foram acionados para que levassem as ocorrências graves da região para os hospitais Albert Schweitzer e Pedro II. A prioridade foi garantir segurança aos pacientes internados.’’, diz trecho da nota enviada pela secretaria.

Nesta manhã, a SMS e a direção do hospital continuaram trabalhando juntas para buscar soluções para o problema. A secretaria ainda informou que a Secretaria Municipal de Fazenda liberou recursos na última quinta-feira, e a organização social IABAS, gestora do Hospital Rocha Faria, recebeu pelo contrato do complexo hospitalar o repasse de R$ 5.079.813,79.

Últimas de Rio De Janeiro