Policiais não avisaram sobre menino baleado em Japeri

Adolescente foi atingido no quintal de casa, durante tiroteio entre o Bope e criminosos

Por O Dia

Rio - A Polícia Civil investiga a morte do estudante Fernando Ambrósio de Moraes, de 15 anos, em Japeri, na manhã de segunda-feira. O adolescente, enterrado ontem sob forte comoção, foi baleado no quintal de casa, no bairro São Jorge, enquanto ocorria um tiroteio na região entre policiais do Bope e criminosos.

A mãe do menino, Ana Paula Ambrósio, contou que, quando chegou em casa, o menino estava caído e os policiais estavam no quintal. Os PMs, segundo ela, mandaram a família levar a vítima para o hospital. Entretanto, o delegado Evaristo Pontes, da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, afirmou, ao RJTV, que, no registro do tiroteio, em que dois suspeitos também foram baleados, os militares não mencionaram o adolescente atingido.

A Polícia Civil vai convocar os PMs para depor e tentar esclarecer o caso. A perícia constatou que o menino tinha dois ferimentos por tiros, um ao lado do outro, o que, segundo o delegado, reduz as chances de dele ter sido vítima de bala perdida.

 

Últimas de Rio De Janeiro