MP pede audiência urgente para discutir desmoronamentos na Macumba

Prefeitura deve apresentar soluções para os problemas na orla da praia

Por O Dia

Rio - O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal nesta quinta-feira, a convocação de uma audiência em caráter de urgência com a prefeitura e o secretário de Conservação e Meio Ambiente, Jorge Felipe Neto, para que sejam apresentadas soluções para os recentes casos de desmoronamentos na Praia da Macumba, no Recreio, na Zona Oeste do Rio.

Desabamento de mais um trecho do calçadão na Praia da MacumbaTânia Rêgo/Agência Brasil

De acordo com o MPF, o encontro deve contar também com a presença de engenheiros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) para esclarecimentos sobre a vistoria e laudo do local. 

Com o mar avançando sob a pavimento%2C o quiosque na Praia da Macumba afundou completamenteMaíra Coelho / Agência O Dia

O Ministério Público informou ainda que levou consideração os recentes fatos noticiados de desmoronamentos no calçadão da praia, além do receio de moradores da região, que temem com possível afetamento da estrutura de casas e prédios localizados perto da orla.

Em nota, a Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma) informou que ainda não recebeu a convocação do Ministério Público Federal. A Seconserma ainda ressaltou que pasta está aberta a prestar esclarecimentos a todos os órgãos e mantendo permanente diálogo com a sociedade.

Ressaca causa novos estragos na Praia da Macumba

Nesta terça-feira, a ressaca que atingia a orla do Rio causou novos estragos na Praia da Macumba. Uma parte do muro de contenção colocado pela prefeitura, um pedaço da calçada e um poste desabaram por causa das fortes ondas. 

Na ocasião, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) informou que realizou vistorias técnicas em dois edifícios na Estrada do Pontal e não detectou indícios de risco estrutural. Também na manhã desta terça-feira, os especialistas avaliaram o trecho da ciclovia na Praia da Macumba onde houve um novo desmoronamento, isolando a área.

Últimas de Rio De Janeiro