Preso em Brasília, homem apontado como chefe do Chapadão chega ao Rio

Limão estava foragido desde 2016 quando saiu para indulto de Páscoa e não retornou. Ele será transportado para a Cidade da Polícia

Por O Dia

Rio - Chegará nesta sexta-feira no Rio de Janeiro, pelo Aeroporto Santos Dumont, Denis Rodrigues de Farias, o Limão, apontado como chefe do tráfico do Morro Chapadão, Zona Norte do Rio.

Perfil da página de "procurados" da Polícia Civil Divulgação

Ele estava foragido e foi preso em casa, na última quinta-feira, em Brasília,  por policiais das Delegacias de Roubos e Furtos (DRF) de Brasília e do Rio e também por agente da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA/RJ). Limão será levado para Cidade da Polícia.

Além do tráfico de drogas, Limão atuava em cerca de 80% dos roubos de carga da capital carioca. Todas as mercadorias eram levadas para a favela do Chapadão.

Em 2012 o traficante foi investigado suspeito de usar o Facebook para se comunicar com criminosos enquanto estava preso em Bangu 3. A Seap revistou a cela e nenhum objeto ou material ilegal foi encontrado. Ele foi detido em 2007 por envolvimento na morte de um capitão do Exército.

Segundo o Portal Procurados, do Disque-Denúncia, Limão estava foragido desde 2016, quando saiu da prisão para visitar a família no benefício de indulto de Páscoa e não retornou. Ele cumpria pena no regime semiaberto no Instituto Penal Edgar Costa.

Últimas de Rio De Janeiro