Presidente da Associação dos Moradores da Cidade Alta é preso pela PM

Além de Sidnei Barbosa, mais duas pessoas foram presas na Cidade Alta no mesmo dia em que traficantes da comunidade foram filmados invadindo a favela do Pica Pau fortemente armados

Por O Dia

Rio - Policiais militares do 16º BPM (Olaria) prenderam na tarde de sábado, na Rua Água Doce, na Cidade Alta, em Cordovil, Zona Norte do Rio, o presidente da Associação dos Moradores da Cidade Alta, Sidnei Barbosa do Nascimento, de 38 anos. Também no sábado, a PM informou no Twitter que dois homens foram presos com um fuzil e dois rádios transmissores.

As prisões aconteceram no mesmo dia em que vídeo mostra bandidos da Cidade Alta que entram armados com fuzis na favela Pica Pau, em Cordovil, fizeram questão de registrar em vídeo a tomada da comunidade da Zona Norte. 

As imagens foram enviadas ao WhatsApp do DIA (98762-8248) com a informação de que tinham sido feitas na manhã deste sábado. Em nota, a Civil destacou que "na 38ª DP (Irajá) há inquérito instaurado que já identificou mais de 40 traficantes da Cidade Alta, que já estão com mandado de prisão expedido pela Justiça, inclusive alguns que aparecem nas imagens do vídeo". A PM não se pronunciou sobre o caso.

Fuzil apreendido pela PM na Cidade AltaDivulgação

Nas imagens, um homem de boné, com mochila, é chamado de Chapoca. Sorridente, ele faz até um sinal de positivo para o responsável pela gravação. As imagens foram enviadas ao WhatsApp do DIA (98762-8248) com a informação de que tinham sido feitas na manhã deste sábado. A movimentação era tão tranquila que os criminosos pedem para ser filmados, brincam com moradores e mostram o armamento.

Presidente da associação de moradores é primo de traficante

Sidnei foi capturado através de informações passadas pelo aplicativo do WhatsApp  Portal dos Procurados (98849-6099). Em operação na localidade, os policiais avistaram Sidnei, que tentou fugir ao perceber a chegada dos militares. Segundo denúncias, ele é primo do traficante Álvaro Malaquias Santos Rosa, o Peixão, de 31 anos, e chefe do tráfico de drogas da Cidade Alta. Contra Sidnei há um mandado de prisão, expedido pela 21ª Vara Criminal.

Últimas de Rio De Janeiro