PM é morto em Campo Grande

Cabo Rafael Santana Correia foi assassinado durante tentativa de assalto a uma drogaria. Ele foi o 114º PM morto no estado em 2017

Por O Dia

Cabo Rafael Santana Correia foi morto durante tentativa de assalto a uma drogariaReprodução Internet

Rio - Mais um policial militar foi assassinado na noite desta terça-feira no Rio. Segundo a PM, o cabo Rafael Santana Correia, do 5º BPM, morreu durante tentativa de assalto a uma drogaria, na rua Aricuri, em Campo Grande. Ele foi o 114º PM morto no estado em 2017.

Antes disso, cerca de 80 policiais civis da Divisão de Homicídios fizeram megaoperação hoje, no Complexo do Lins, para prender os acusados da morte do coronel Luiz Gustavo Teixeira, comandante do 3º BPM (Méier). O objetivo era capturar Matheus do Espírito Santo Severiano, 22 anos, o ‘Cheiroso’, e mais três pessoas. O suspeito, no entanto, não foi encontrado, mas os agentes apreenderam materiais que serão incluídos na investigação.

Dois parentes de um dos acusados foram levados para depoimento. Segundo a polícia, pelo menos quatro homens participaram do assassinato do coronel na última quinta. “Estamos falando com os moradores e tentando conscientizar as pessoas que fizeram isso para se entregar”, afirmou o coordenador das DHs, Rivaldo Barbosa.

Na segunda-feira, a Polícia Civil negou que o suspeito preso pela PM, apontado de ter participado da morte do comandante, tenha envolvimento no crime. Segundo a DH, o mototaxista foi uma das vítimas dos criminosos porque foi obrigado a colaborar na fuga dos bandidos. 


Últimas de Rio De Janeiro