Aplicativo de táxi da prefeitura é disponibilizado para celulares

Nesta primeira versão, Taxi.Rio só poderá ser baixado em aparelhos com sistema Android. Dez mil profissionais estão cadastrados na plataforma

Por O Dia

Aplicativo Táxi Rio é disponibilizado em celulares AndroidDivulgação

Rio - O aplicativo Taxi.Rio já está disponível para celulares com sistema Android. Até o momento, dez mil taxistas estão cadastrados na plataforma digital da prefeitura. Desenvolvida pela Empresa Municipal de Informática (IplanRio), a ferramenta foi lançada no dia 29 de maio pelo prefeito Marcelo Crivella.

O Taxi.Rio permite que os passageiros visualizem os táxis mais próximos no momento da solicitação da corrida e optem pelo serviço por faixa de desconto. Além disso, os usuários podem conferir o valor à pagar, incluindo preço apurado, descontos e bandeirada. O aplicativo também tem a opção de avaliar o taxista no fim da viagem e consultar o histórico de corridas no site www.taxi.rio na área do passageiro.

O pagamento das corridas será feito diretamente para o taxista, em dinheiro ou no cartão de crédito/débito, utilizando o terminal de pagamento disponibilizado pelo motorista. O recurso do pagamento por meio do aplicativo só será permitido na segunda versão do aplicativo.

"Para isso, a prefeitura também está construindo um modelo de negócio inédito para o mercado público, através de um sistema que permitirá que o pagamento da corrida pelo cartão chegue ao taxista sem necessidade de passar pelos cofres públicos", completou, em nota, a prefeitura.

O cadastramento dos taxistas no aplicativo ainda é realizado pelo portal www.taxi.rio e a adesão ao programa é opcional. O taxista que adotar a utilização do aplicativo deve aceitar os termos de uso, concordando com o compromisso de utilizar o serviço para fins legais. Para participar do Taxi.Rio, há ainda condições indispensáveis, como possuir um smartphone com sistema Android e pacote de dados ativo para acessar à Internet.

De acordo com a prefeitura, serão utilizadas duas versões nas lojas virtuais: uma para o taxista, outra para o passageiro, e serão diferenciadas pelas cores do ícone. Para os profissionais, a imagem é azul com fundo amarelo, e para passageiros, logomarca amarela com fundo azul.

Crivella elogia serviço

O prefeito Marcelo Crivella elogiou o serviço neste primeiro dia de funcionamento. "Todos os motoristas são cadastrados na Prefeitura, uma garantia para a população que quer de deslocar com segurança. Estamos defendendo a economia popular. Nada contra os aplicativos. Nós não queremos é que acabem os táxis, que são regulamentados pela prefeitura e são um patrimônio imaterial da cidade", destacou Crivella.

Últimas de Rio De Janeiro