PMs procuram suspeitos de roubar caminhão de carga próximo ao campus da UFRJ

Assalto aconteceu perto do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Por O Dia

Rio - Policiais do 17º BPM (Ilha) procuram, na tarde desta segunda-feira, por criminosos que tentaram roubar a carga de um veículo na Rua Luís Renato Caldas, próximo ao Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão, Zona Norte do Rio. Segundo a Polícia Militar, a operação ainda está em andamento e, até o momento, ninguém foi preso.

PMs procuram suspeitos de roubar caminhão de carga próximo ao campus da UFRJReprodução Internet

Após renderem o motorista do caminhão e os veículos de escolta, os criminosos seguiram pela via próxima ao Terminal Aroldo Melodia (BRT) e entraram na Cidade Universitária, onde houve a liberação de funcionários da empresa. A ação foi testemunhada por estudantes, a partir do Bloco N do CCS.

De acordo com relatos de alunos nas redes sociais, ao perceberem a presença da polícia, os assaltantes correram para dentro da universidade. "Bandidos armados com fuzil dentro do CCS- UFRJ", escreveu uma internauta. "Parece que começou com roubo de carga dos caminhões. Triste demais. Polícia já tomou o prédio", publicou outro.  

Estudantes contaram ao DIA sobre o episódio. "Foi muito rápido. Gritaram assalto, para todo mundo sair do prédio. Eles estavam encapuzados e armados. Fomos correndo e foi bem intenso. Minha amiga passou mal e quase desmaiou. Fomos correndo por dentro e paramos no prédio de Educação Física, esperando acabar o incidente. Muitas pessoas que conheço são assaltadas aqui. Não tem iluminação e ficamos inseguros", disse o aluno Eduardo Araújo, 21 anos, que cursa Farmácia.

Marcelo Silva, 30 anos, aluno de pós-graduação que trabalha no projeto Recicla CSS também comentou o caso. "O que eu vi aqui foi uma transferência de um caminhão para o outro. Vi que estavam armados, mas tenho problemas de visão. Disseram que a carga era de celulares. Toda a ação durou de 10 a 15 minutos. A instituição nada sofreu, mas foi mais um episódio aqui dentro. É uma questão de Segurança Pública que precisa ser pensada", lamentou. 

A estudante Mariana Silva, 23 anos, que faz Engenharia Ambiental, também comentou o caso. "Os meninos falaram que tinha seis, sete pessoas encapuzadas de fuzil. Eles descarregaram o caminhão de celulares. Falaram que dois carros e uma van participaram da ação. Roubo de carga é a primeira vez que vejo no campus, mas assalto à mão armada acontece direto. A gente fica à mercê disso, não tem policialmento, nem segurança particular", afirmou a jovem.

Em nota, a UFRJ informou que os homens deixaram o campus antes de a polícia chegar ao local e que não houve troca de tiros dentro do campus. A UFRJ também relatou que "estuda novas formas para controle de entrada e saída de veículos da Ilha do Fundão e que a ação contribuirá para evitar a ocorrência de crimes na Cidade Universitária." A ocorrência foi registrada na Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), na Cidade da Polícia.

Na última quinta-feira, um segurança foi morto a tiros em uma tentativa de assalto no campus da universidade. O suspeito, Yuri dos Santos Pereira, foi preso em flagrante.

Colaborou a estagiária Luana Benedito