Suspeito de integrar milícia na Baixada é preso no Recreio

De acordo com polícia, contra o homem havia dois mandados de prisão

Por O Dia

Rio - Um homem suspeito de integrar uma mílicia na Baixada Fluminense e de ter cometido duplo homícidio foi preso, na tarde desta sexta-feira, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Nilton Alves Soares da Silva, também conhecido como "Gordinho" e "Super Choque", foi encontrado durante uma operação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (Draco) e da 59ª DP (Duque de Caxias).

Nilton Alves Soares da Silva%2C conhecido como “Gordinho” ou “Super Choque”Divulgação

De acordo com a Draco, o homem foi um dos alvos da operação Gás Over, deflagrada em outubro pela especializada e pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), com o objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra um grupo de milicianos com atuação na Vila Urussaí, em Saracuruna, na Baixada Fluminense.

Nilton também é suspeito de ter matado a tiros Bruno da Silva Braz e Inacio Fonseca de Fontes. Segundo as investigações, as vítimas trabalhavam como pedreiros e entregavam botijões de gás em uma loja da região.

“Na operação do mês de setembro, a polícia coletou dados de inteligência e mapeou a região para que novas ações de combate fossem planejadas. E a Draco continua em busca dos foragidos”, afirmou o delegado Alexandre Herdy, titular da especializada.


Últimas de Rio De Janeiro