Sargento da PM é presa com fortuna na bolsa dentro do comando da PM na Baixada

Corregedoria apreendeu quase R$ 17 mil separados em envelopes com inscrições de patentes e iniciais de nomes

Por O Dia

Rio - Uma sargento do serviço reservado da Polícia Militar foi presa pela corregedoria da corporação nesta sexta-feira com quase R$ 17 mil na bolsa dentro do 3º Comando de Policiamento de Área (CPA), em Nova Iguaçu, responsável pelos batalhões da Baixada Fluminense. Um outro PM lotado no 20º BPM (Mesquita) também foi preso na mesma ação porque estava com a policial.

Ambos, que não tiveram seus nomes divulgados, de acordo com a PM, foram filmados por agentes da 3ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), subordinada à corregedoria, saindo de um prédio comercial, entrando num carro dirigido por um deles e indo para o 20º BPM, onde chegaram com a quantia. O dinheiro, segundo a assessoria da PM, estava separado em envelopes. Neles, de acordo com informações, havia inscrições de patentes de oficiais e letras como A e M.

A policial está presa na Unidade Prisional Especial da PM, em Niterói, e o outro PM foi preso administrativamente e ficará no 20º BPM. As investigações sobre o caso estavam em andamento há alguns dias.

A prisão fez cair o comando do 3º CPA. Para o lugar da comandante da unidade, Claudia de Melo Lovain de Menezes Cardoso, foi nomeado o coronel Sergio do Carmo Schalioni. As mudanças foram publicadas ontem no boletim interno da PM 208.

A PM também informou que, no mês passado, o comandante do 20º BPM foi exonerado após investigações da corregedoria apontarem envolvimento dos policiais da Baixada com a contravenção.


.


Últimas de Rio De Janeiro